inscreva se: Postagens | Comentários

Sandra Rosado desistiria ?

0 comentários
Existem especulações pelos grupos políticos do RN, em que uma possível desistência de Sandra Rosado para Deputada Federal, ela seria a vice-Governadora na chapa do atual Governador Robinson Faria que é Pré-candidato a reeleição.
Os dias têm sido tensos no grupo político familiar da vereadora Sandra Rosado (PSDB). Ela quer ser candidata a deputada federal, mas não tem grandes chances de ser vitoriosa nas urnas.
O Grupo Rosado pressiona para que ela desista da postulação para apoiar a reeleição do deputado federal Beto Rosado (PP). O jogo nos bastidores tem sido duro (ver AQUI), mas Sandra resiste.

Resultado de imagem para ótica exclusiva blog


Desembargadores do RN são condenados à prisão, mas juiz preserva aposentadorias

0 comentários
Desembargadores são condenados
A justiça condenou os desembargadores aposentados Osvaldo Cruz e Rafael Godeiro a 15 e 7 anos e meio de prisão, respectivamente. Os dois foram condenados por desvio de recursos de precatórios do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. A decisão é do juiz Ivanaldo Bezerra que determinou ainda que cada um dos desembargadores devolvam R$ 3 milhões aos cofres públicos. Os desembargadores podem recorrer em liberdade.
O juiz negou o pedido do Ministério Público Estadual para cassar a aposentadoria dos desembargadores.
Ainda em 2013, o Superior Tribunal de Justiça entendeu que, após o Conselho Nacional de Justiça condenar os desembargadores à aposentadoria compulsória, os mesmos também perderam direito ao foro privilegiado e, consequentemente, às prerrogativas de serem julgados pelo STJ. Assim, foi determinada a devolução do processo ao tribunal de 1ª instância, no caso o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.

G1/RN


Osvaldo Cruz e Rafael Godeiro são condenados à prisão e a devolver R$ 6 milhões; penas ultrapassam 22 anos

0 comentários
Os ex-desembargadores Osvaldo Soares Cruz e Rafael Godeiro Sobrinho foram condenados pela Justiça potiguar por envolvimento em um esquema fraudulento que desviou R$ 14.195.702,82 do Setor de Precatórios do Tribunal de Justiça do RN, no período em que eram presidentes da instituição, segundo investigações do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) que resultaram na deflagração da operação Judas, em janeiro de 2012. Osvaldo Cruz foi condenado por peculato e lavagem de dinheiro com pena de 15 anos de prisão e Rafael Godeiro por peculato, com pena de 7 anos e seis meses de reclusão. Além da reclusão em regime fechado, os ex-desembargadores também foram condenados a repararem, cada um, o valor de R$ 3 milhões.
Em junho de 2013, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) já havia aplicado punição máxima a ambos em relação aos desvios de dinheiro praticados na Divisão de Precatório do Tribunal de Justiça do RN. Com a condenação, o desembargador Oswaldo Cruz foi aposentado compulsoriamente e Rafael Godeiro, que já estava aposentado, teve sua aposentadoria por idade convertida em compulsória, que é a punição máxima na esfera administrativa.
Agora, sob a ótica criminal, foi publicada a sentença do Juízo da 6ª vara Criminal de Natal, destacando que Osvaldo Soares da Cruz e Rafael Godeiro Sobrinho “militaram com absoluta violação de deveres para com a administração pública, desde que ostentando a condição privilegiada de Desembargador Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte, predicativos que lhes facilitou sobremaneira os desvios do dinheiro público destinado ao pagamento de precatórios”.
Peculato é o crime praticado por servidor público ao se apropriar de dinheiro ou bens, ou desviá-los em proveito próprio ou alheio. Já o crime de lavagem de dinheiro se caracteriza por um conjunto de operações comerciais ou financeiras que buscam ocultar ou dissimular a origem ilícita de recursos.
Além deles, foram condenados em 2012, por sentença da 7ª vara Criminal da capital, a ex-diretora da Divisão de Precatórios do TJRN Carla de Paiva Ubarana Araújo Leal, e seu marido, George Luiz de Araújo Leal Costa.
O trabalho teve início com um pedido formal feito pela presidente do Tribunal de Justiça do RN, Judith Nunes, para que o Ministério Público tomasse parte na investigação que havia se iniciado dentro do Tribunal.

BG

 


João Maia emite nota ao povo do Rio Grande do Norte

0 comentários


A luta para chegar ao segundo Turno vai começar

0 comentários
Ex-prefeito de Natal e governador tendem a polarizar disputa por vaga no segundo turno
A senadora Fátima Bezerra (PT) lidera com certa folga em todas as pesquisas de intenção de voto, mas essa gordura ainda tem fragilidade e dependendo do caminhar da campanha pode ser queimada.
A petista até aqui não conseguiu crescer o suficiente para disparar. Em nenhuma pesquisa ela foi além de 31%. Quando oscilou foi levemente para baixo. Há uma forte tendência de que ela esteja no segundo turno. A estabilidade do desempenho dela na pré-campanha indica isso.
Contribui para isso o fato de os principais adversários dela estarem na mesma situação. Carlos Eduardo Alves (PDT) patina nos 15% de intenções de voto.
O pedetista tem o governador Robinson Faria (PSD) no retrovisor. No entanto o chefe do executivo estadual não consegue ultrapassar os dois dígitos nas pesquisas.
Até aqui nenhum dos candidatos do pelotão de baixo sinalizou que pode surpreender muito embora exista um eleitorado carente de novidades.
A tendência é de que Carlos Eduardo e Robinson polarizem uma disputa por uma vaga no segundo turno deixando Fátima num primeiro momento poupada dos ataques, mas isso não significa que a petista fique ilesa durante os 45 dias de campanha.
A partir do dia 16 começa oficialmente a disputa pelo voto.


« Entradas Anteriores